sexta-feira, 8 de setembro de 2017

A famosa Chuca

Vocês já devem ter se perguntado como as atrizes pornôs e os atores passivos de filmes gays fazem para que o pênis do parceiro de cena não se suje de fezes, a famosa “passada de cheque”.
Por mais que o reto esteja limpo, sempre existirá algum resíduo dentro do intestino. Para sentir o “prazer anal”, o movimento tem que ser forte e profundo. Se houver resíduos no intestino, o indivíduo passivo chegaria ao clímax, pois a transa terá o mesmo efeito de um “super-supositório”, assim o passivo terá que sair correndo para o banheiro, antes de a transa terminar devido ao intestino tentar expelir as fezes. Tornando o ato sexual mais um sacrifício que um ato de amor e prazer. Esse é o temor de muitos gays já que deixa a pessoa em uma situação constrangedora na hora H. Em razão da curiosidade que assombra muitos de nós e para esclarecer a dúvida de um visitante, esse texto vai abordar tudo ao que se refere a essa prática.
O que é Chuca?
É o procedimento da lavagem do reto, cientificamente conhecido por ENEMA popularmente conhecido pelos gays por chuca, serve para a limpeza do ânus antes do sexo anal o que serve para evitar incômodos e surpresas.
“É importante saber que a lavagem como preparo para uma relação sem os incômodos dos resíduos deverá ser somente do reto e não de todo o intestino grosso como a maioria dos pacientes fazem”. Se o líquido inserido atingir o intestino, ele irá “vazar” durante a penetração. O procedimento correto deve ser feito com um algodão ou lenço umedecido, limpar o canal do reto e a área externa do ânus. Chuca só funciona com antecedência.
A forma mais adequada é uma lavagem leve com uma seringa chamada auricular (de limpeza de ouvido). O bico deve ser lubrificado, introduzido no reto e apertado suavemente, para evitar a contração intestinal. Hemorroidas e inflamações do canal anal podem piorar com as lavagens, por isso, o médico recomenda um exame chamado anuscopia. Há nas farmácias diversos produtos específicos para se fazer o enema também, que são à base de glicerina, dispostos em kits. São os mais seguros, só perguntar para o balconista quais são as opções de enema de glicerina para clister. No frasco vêm as instruções de uso, mas não se preocupe, não tem erro, é super simples.
Claro que o famoso chuveirinho não deve ser aposentado, mas ser utilizado com moderação, lembrando sempre que a qualidade da água também pode trazer complicações. Use o mínimo de água possível, com pouca pressão, para evitar complicações futuras.
O famoso chuveirinho
Um dos métodos mais utilizados para realizar a higiene neste local é o chuveirinho. Para fazer a chuca, durante o banho, massageie o esfíncter (músculo do ânus), para relaxá-lo. Depois pegue a mangueirinha do chuveiro, retire o bocal e posicione-o bem na bordinha do ânus (não enfiar a mangueira, é colocar na portinha, embora alguns gays prefiram introduzir). Caso prefira introduzir, faça isso aos poucos ao tempo que vai relaxando o esfíncter com o jato de água no ânus (Algumas pessoas preferem água morna e outras frias, mas jamais use água muito quente, pois pode causar leve desconforto anal. Preste atenção na temperatura da água. Regule a temperatura para que a água saia morna, na própria média do corpo, apenas esquentando a pele sem provocar aquela sensação de leve ardência). Deixe a água entrar suavemente, tente fazer os mesmos movimentos internos que faz quando está sendo penetrado, pois isto ajuda na introdução da mangueirinha, e repita o procedimento varias vezes até que sinta-se confortável.
Observação: Mesmo que tenha ido ao banheiro, ainda assim vai sair muito resíduo, então se recomenda fazer o procedimento varias vezes, sentado no vaso sanitário ou mesmo com a tampa do ralo aberto, para facilitar a saída dos resíduos do chão do banheiro.
Após um tempinho, você sentirá uma vontade de ir ao vaso sanitário, fazer o número 2. Faça isso até sentir que não tem mais nada dentro de você que possa causar um trauma no seu companheiro. Depois disso, pode-se fazer uso dos dedos, para ajudar a retirar toda a água que ainda estiver no reto, observe se a água está saindo limpa, sinal que a chuca foi bem feita. Lembre-se que o intestino é composto por várias dobras e rugas. Por isso, não saia de imediato, pois sempre terá um pouco de água para sair. Isto em geral leva uns 15 a 20 minutos dependendo de indivíduo para indivíduo.
O método de chuca na possui contraindicação e não causa nenhum dano a saúde, desde que não se faça todo dia, pois o intestino pode ficar desacostumado a trabalhar normalmente. Além disso, é adequado que se espere algum tempo para que a parte final do intestino recupere sua plena lubrificação natural, parcialmente eliminada com a água da chuca. Isso não impede que se sinta prazer logo após a chuca. Porém, esse método não é algo “natural” e, provavelmente, a flora do intestino se alterará, perdendo o sebo da mucosa, que é uma lubrificação natural do corpo. Por isso, é bom esperar uma meia hora para que ele se recomponha, possibilitando uma transa mais perfeita possível.
Vale ressaltar para não exagerar na chuca porque interfere um pouco em nossa microbiota intestinal, ou seja, nas bactérias que o reto tem naturalmente.

Outros métodos
Outro método de higiene é utilizar as DUCHAS HIGIÊNICAS, são de fácil manuseio. Clique na imagem abaixo para adquirir a ducha íntima.

Ducha Higiênica Anal‎
Opinião de especialista

  Mais dúvidas
1º Estou com uma dúvida: meu ânus é meio apertado, daí só colocar na entrada não adianta, eu tenho que enfiar um pouco. Tem algum problema?
Isso varia de indivíduo para indivíduo. Existem pessoas que tem grande facilidade em fazer a chuca e não vêem problemas na hora de encostar o chuveirinho na entrada no ânus. Se colocar um pouco dentro não te incomodar e nem te machucar, não vejo problemas algum tomando cuidado para não enfiar e nem forçar demais, pois pode ocorrer perfuração do reto. Mas tudo é uma questão de prática. Com o tempo você vai perceber que fica mais simples é fácil de fazer.
2º Ser passivo com muita frequência pode mudar o formato do ânus?Afinal se vou ter um relacionamento gay, não vou transar só uma ou duas vezes por mês não é. E como fazer o namorado entender isso, não quero ficar estourado, mas também não quero perder o namorado.
A entrada do ânus é composta de um músculo voluntário, o esfíncter. Se você fizer muito sexo anal com frequência, ele pode ficar maior e mais flácido. Mas isso não é uma coisa que acontece da noite para o dia. Isso leva muitos anos pra acontecer, e não é um rombo. Reza a lenda que contrações voluntárias periódicas durante o dia ajudam a fortalecer a musculatura, mas se isso realmente é verdade é uma dúvida que eu também tenho. Na dúvida contraia esse cu o dia inteiro (risos). Mas deixando as brincadeiras de lado, na hora do sexo anal, sempre se preocupe em usar gel lubrificante a base de água e camisinha. Caso sinta desconforto ou dor durante a penetração interrompa o ato, você pode se machucar e causar problemas mais sérios à sua saúde. Convenhamos que sexo não é pra machucar e sim pra dar prazer, muito prazer. Existem muitas formas de se sentir prazer a dois. Abuse das preliminares e dos acessórios na hora da transa.
Se você tem problemas de dor consulte um médico, a dor é sinal de algo errado. Comer fibra ajuda a evitar que resíduos atrapalhem o sexo, além de milhares de doenças que se transmitem através do sexo, no sexo anal tem que se tomar um cuidado ainda maior, porque nesta região (canal retal) há bastantes bactérias, o ativo pode ter infecção urinária e o risco de algum problema mais sério não está descartado.  A melhor maneira de se proteger desses problemas e seguir a velha dica USE SEMPRE CAMISINHA.
Depois dessas dicas desejo uma boa transa a todos.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Carlos Bazuca- ator pornô hétero

Carlos Bazuca é sem sombra de dúvida um dos principais atores da pornografia hétero nacional, você com certeza no início de sua puberdade tocou uma punheta assistindo um filme dele e querendo ver um pornô gay desse gato, o que é uma pena já que é ator profissional exclusivamente de filmes héteros. Osmar seu verdadeiro nome é conhecido pelo seu corpo peludo, olhos verdes e sua piroca enorme de 22 cm de dote, o rapaz tem 1.84 m, pesa 89 kg, calçados 44, signo de peixes, praticante de jiu-jitsu, passatempo cinema.
Carlos Bazuca nasceu em Vitória-ES em 1978, antes de entrar para a indústria de cinema adulto trabalhava como taxista em sua cidade natal. O rapaz disse jamais ter passado por sua cabeça se tornar ator de cinema adulto, porém, confessa ter gostado bastante da profissão que exerceu por muito tempo. O Carlão sempre gostou muito de filmes pornôs, até que um dia pensou em trabalhar em um. E na pós-adolescência dele, uma garota com que ele tava ficando disse que, já que era isso o que ele queria, porque não seguir em frente? Tudo começou quando conheceu uma passageira que era do meio e em uma das tantas conversas, a moça entregou o cartão da produtora. Carlão ligou, marcou entrevista, fez fotos e então já aprovado começou a filmar sem parar. Outro motivo que levou ele a querer trabalhar como ator pornô é que ele tem as características físicas ideais pra ser um, com um cacete de 22 cm motivo pelo qual adota o nome de Bazuca já que sempre foi conhecido pelo enorme dote e seus amigos o chamavam por esse nome.
Estreou no pornô em 1999, após se mudar para o Rio de Janeiro onde começou a se inteirar mais do assunto. Ao longo de mais de 15 anos de carreira tem em seu currículo mais de 1500 filmes, gravou tanto no Brasil como no exterior. No Brasil atuou em todas as grandes produtoras: Brasileirinhas, Explícita Vídeos, Sexxxy, As Panteras, Planet Sex, Buttman, Sexsites, Introduction, etc. Entre os filmes mais famosos dele estão: Violadas ao extremo 12 (2006); Frota, Mônica & Cia (2007); Vizinhas gostosas (2007); Pecados e traições (2008) etc.
Carlos já protagonizou cenas com as mais conhecidas atrizes do pornô nacional, entre elas: Mônica Mattos, Yumi Saito, Nikki Rio, Milena Santos, Silvia Saenz, Luana Boaz, Larissa Mendes, Fabiane Thompson, Bruna Ferraz, Pamella Butt. Dentre as famosas com quem gravou destaca-se Marcia Imperator, Rita Cadillac, Cameron Brazil, Regininha Poltergeist, Vivi Brunieri (Ronaldinha), Eliza Samudio (ex do goleiro Bruno) e Leila Lopes (ex global). A atriz Leila Lopes em entrevista no lançamento do filme disse que escolheu o Carlos já que ele tem cara de seminarista. Com relação aos seus 22 cm ele disse que o mais importante é a tranquilidade que se passa para a atriz, aí os 22 cm ficam mais fáceis. O filme com a Leila Lopes se tornou o mais comentado quando foi lançado. Com relação ao seu trabalho com ela o Carlos disse que a Leila ficou nervosa em cena, o que é absolutamente normal para uma pessoa que está fazendo uma coisa nova e tão difícil, disse que a Leila é um doce de pessoa. A cena ficou apenas num vaginal bem feito e intenso. Dentre famosas com quem sonha gravar está a Vivi Fernandes que grava apenas com o namorado e a Sabrina Sato. O rapaz também já dirigiu alguns filmes da área.
O Carlão também já apareceu em alguns filmes pornôs gays, mas só fazendo cenas solo de masturbação, sem ninguém tocando nele. Um desses foi Muscle Fuckers (2007). Já posou pelado pra algumas revistas gays. Sobre fazer filmes pornô transando com homens, disse que embora já tenha recebido diversos convites os quais não aceitou, mesmo que lhe fosse oferecido uma grana alta “_Nunca, acho que cada macaco no seu galho” afirmou em entrevista.
O Carlão disse que a única parte chata de um homem ser ator pornô no Brasil é o salário: num filme hétero, um ator pornô ganha metade do que uma atriz pornô ganha pra fazer a mesma coisa! Assim, os homens têm que trabalhar no dobro da quantidade de filmes que as mulheres trabalham pra fazer algum dinheiro. Esse foi um dos motivos juntamente com a derrocada da indústria pornô nacional em função da pirataria e dos downloads ilegais que o levou a trabalhar também como acompanhante por algum tempo, diversos eram seus anúncios em sites de garotos de programas, tal como o malícia e o olimpos. Volta e meia aparecem novos anúncios dele como garoto de programa. Os anúncios diziam que atendia mulheres, casais, duas ou mais mulheres em São Paulo capital. Tendo como especialidade uso de acessórios e sadomasoquismo.
Longe do cinema adulto atualmente, Carlos leva uma vida normal, cuidando do seu próprio negócio, fruto de seu trabalho em frente às câmeras, entrou para a faculdade de Educação Física na FMU/SP e se dedica a outros projetos particulares. Atualmente mora na Bela Vista, centro de São Paulo é casado e tem uma filha. Ele não gosta de dar entrevistas. 
Mais vídeos pelos seguintes links: vídeo 01, vídeo 02, vídeo 03, vídeo 04, vídeo 05, vídeo 06, vídeo 07, vídeo 08vídeo 09vídeo 10vídeo 11vídeo 12vídeo 13, vídeo 14vídeo 15vídeo 16vídeo 17vídeo 18vídeo 19vídeo 20vídeo 21vídeo 22vídeo 23.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...